Perigo: fogo e fumaça nas estradas

Período de grandes incêndios às margens das rodovias

Após agosto temos o início de um período crítico de falta de chuva e da estiagem na maior parte do Brasil e traz o aumento do risco de incêndios às margens das rodovias.

Abaixo vamos informar algumas das dicas de segurança para os motoristas evitarem acidentes, ao se depararem com situações de incêndio ou queimada:

É muito importante que em casos de fumaça na pista, o motorista reduza a velocidade, feche os vidros, posicione o sistema de ventilação na posição recircular e mantenha distância segura do veículo que segue à frente. Nessa situação, o condutor nunca deve parar na pista e jamais ligar o pisca-alerta em movimento.

Principalmente durante os períodos de estiagem, a concessionária responsável posiciona caminhões-pipa em pontos estratégicos para atuar de forma rápida no controle de focos de incêndio. As viaturas de inspeção, guinchos leves e pesados possuem abafadores e as equipes que atuam nestes veículos são treinados para atuar no primeiro combate aos focos menores. Em ocorrências de grande porte deve ser acionado o Corpo de Bombeiros do respectivo Estado.

A fumaça de queimadas traz ainda outros transtornos, como piora da qualidade do ar e consequências para a saúde humana, como problemas respiratórios.

Além dos riscos para a segurança e saúde de todos, as queimadas causam um grande impacto ambiental, com a degradação de matas, áreas de preservação permanente, nascentes de rios e locais que são abrigos para diversas especiais animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *